Adoçante Engorda! Comprovado Cientificamente

Tenho notado que as pessoas andam mais atentas ao que estão consumindo. No entanto, alguns alimentos que são apontados como mocinhos podem estar agravando o problema das pessoas que estão acima do peso. São verdadeiros lobos em pele de cordeiros. Afinal de contas, adoçante engorda ou emagrece? Qual seria o mais indicado?

Muitas pessoas consomem alimentos diets, lights, adoçantes artificiais, em grandes quantidades, acreditando que esses alimentos são indicados para emagrecer.

A grande verdade é que não é bem assim.

Continue comigo, que nos próximos tópicos vamos conhecer melhor os adoçantes e descobrir quais seriam menos nocivos a nossa saúde e vamos descobrir também porque adoçante engorda.

Adoçantes Vs Emagrecimento

Você já percebeu a quantidade de produtos que são vendidos para emagrecer? É uma verdadeira fartura não é verdade? E tudo ali, ao alcance de nossas mãos.

Agora, o que me intriga é o fato de que mesmo com tanta oferta, tantos recursos, por que é que as pessoas continuam engordando?

equilibrio

 

Existe uma enorme variedade de produtos light, diet. A indústria dos alimentos tem se esforçado cada vez mais para oferecer produtos variados que possam nos ajudar a perder peso.

Você já se perguntou se esses produtos podem ser usados por qualquer pessoa? Ou, se estes alimentos devem ser consumidos realmente, com o propósito de emagrecer?

A grande maioria das pessoas consomem adoçantes, produtos dietéticos, lights com o objetivo de perder peso. O fato é que elas não se deram conta, que esses produtos podem causar um efeito contrário.

A verdade é que adoçantes, alimentos diets, lights foram criados para pessoas que tem alguma restrição em relação ao açúcar, como diabéticos por exemplo, ou que apresentam qualquer outro tipo de doença que não pode consumir açúcar.

Esses produtos não foram feitos para pessoas que querem emagrecer. Na verdade, as pessoas adaptaram o consumo desses produtos, pensando no consumo de cálorias.

Sabemos que consumir menos energia do que gastamos, nos ajuda a emagrecer certo?

Sim, verdade.

No entanto, fazer uso de adoçantes artificiais para tentar equilibrar essa balança de consumo vs gasto calórico talvez não seja o melhor caminho e isso é o que veremos no próximo tópico.

O grande vilão! Vamos Descobrir Porque Adoçante Engorda!

Uma pesquisa realizada numa faculdade do Arizona, mostrou que quando uma pessoa consome adoçantes artificiais a base de sacarina, aspartame, desencadeia uma reação no organismo. Uma vontade enorme de comer um doce.

Simmmm! É verdade!

adoçante engorda

vontade repentina de comer um doce

Muitas vezes, essa vontade repentina de comer um doce, vem lá daquele cafezinho que tomamos com algumas gotinhas de adoçante, ou então do iogurte light, ou de um pedaço de bolo diet.

Talvez aqui está a chave para entendermos, porque as pessoas estão engordando, ao invés de emagrecer.

Nessa mesma pesquisa que mencionei acima, foram separados dois grupos de ratinhos. Um dos grupos foi alimentado com açúcar e outro com sacarina.

O resultado disso foi que o grupo alimentado com sacarina engordou 20% a mais do que o grupo alimentado com açúcar.

Bom, então podemos pensar que o ideal seria simplesmente consumir açúcar.

E a verdade é que não é bem assim. Continue comigo…

Doce Veneno

Quantas vezes você já ouviu falar que açúcar faz mal, prejudica a saúde? Várias não é verdade?

E o açúcar realmente faz mal, está relacionado a diversos problemas de saúde, como por exemplo a hiperatividade.

açucar

Açúcar causa dependência

Para termos uma ideia da gravidade do problema, o açúcar causa dependência fisiológica no corpo de forma semelhante ao que acontece com substâncias como morfina e heroína. Vicia 8 vezes mais do que essas substâncias.

Pois é, nosso cérebro acostuma com o sabor e realmente, sentimos muita dificuldade em abandonar o hábito de consumir alimentos mais doces.

O grande problema, está relacionado ao fato de que a maioria dos alimentos industrializados contém açúcar em sua fabricação.

Se observarmos, ultrapassamos o nosso consumo diário de açúcar, sem ao menos colocarmos uma colherinha desse alimento na boca.

Mas, então qual é a solução, se tudo faz mal?

Calma, calma! Sempre existe uma saída…

Uma delas é consumir frutas que, já apresentam a quantidade adequeda de açúcar em sua composição.

Muitas pessoas estão adotando o hábito de adoçar seus alimentos, utilizando frutas, como por exemplo, manga, banana, abacaxi. Existe uma enorme variedade de frutas que podem ser usadas para esse fim.

Agora, se a questão é o adoçante, também existem alguns que são menos prejudiciais. Vamos conhecê-los?

Adoçantes Mais Indicados

Existem alguns adoçantes que podemos consumir, com um certo grau de segurança.

Um deles é o de Stevia, que é um produto natural, e pode ser encontrado facilmente em supermercados.

A Stevia é um pequeno arbusto perene que pertence à família do crisântemos e é nativa do Brasil e do Paraguai.

Para você ter uma ideia, em sua forma natural pode adoçar 10 a 15  vezes mais do que o açúcar. Na sua forma mais comum de pó branco, de esteviosídeo, extraído das folhas da planta, chega a ser de 70 a 400 vezes mais doce que o adoçante natural.

Os principais benefícios da stévia:

  • Não causa diabetes;
  • Não contém calorias;
  • Não altera o nível de açúcar no sangue;
  • Não é tóxica; inibe a formação da placa e da cárie dental;

O pequeno problema de adoçantes de Stevia é que apresentam um saborzinho um tanto amargo. Eu, particularmente optei por adoçantes de Stevia.

É importante observar, se o adoçante que estamos levando é 100% Stevia, pois algumas marcas fazem uma mistura.

Uma outra opção seria os adoçantes de sucralose que é uma substância utilizada em adoçantes artificiais com capacidade adoçante que vai de 600 a 800 vezes o poder adoçante do açúcar.

Em estudo há mais de 20 anos, a sucralose foi aprovada pelo FDA (Food and Drug Administration), pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Estudos indicam claramente que a sucralose:

  •  não possui calorias
  •  não causa cáries
  •  não tem efeito na secreção de insulina
  •  não é tóxica

Mesmo sendo indicados como os mais adequados, devemos consumir com moderação.

A Quantidade É O Segredo

Mesmo adoçantes de Stevia como os de Sucralose sendo apontados como os menos prejudiciais à saúde, temos que ter em mente que a dosagem deve ser adequada.

equilibrio

Equilibrio

O equilíbrio está no consumo moderado. Geralmente, 3 a 4 gotinhas já são capazes de adoçar um cafezinho.

Se formos diminuindo gradativamente o consumo de açúcar, adoçantes, o nosso paladar vai modificando e vai aceitando da mesma maneira, e quando percebemos, estamos rejeitando alimentos com maior quantidade de açúcar. É tudo uma questão de hábito.

Agora, se não temos nenhuma restrição ao açúcar, nenhum problema de saúde, nada nos impede de consumir açúcar, no entanto, em menor quantidade. Por exemplo, se não queremos abrir mão daquele doce que adoramos, podemos comer uma porção menor não é verdade?

O importante é ficarmos atento, procurando sempre a melhor opção.

Hoje em dia temos que ficar mais atentos ao que consumimos. Os engenheiros alimentícios estão cada vez mais empenhados em descobrir novas opções, no entanto, nós é que devemos optar por quais alimentos consumir, a responsabilidade é nossa. Temos sim que ler os rótulos, pesquisar e fazer a melhor escolha.

Espero que esse artigo tenha sido útil e desejo, de verdade, que você deixe um comentário. Gostaria muito de saber sua opinião.

Ah! Lembre-se de curtir ok?

Compartilhe esse artigo com seus amigos.

Até a próxima

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Gostou do artigo? Compartilhe!

     

    RECEBA AGORA EM SEU E-MAIL ESSE E-BOOK TOTALMENTE GRÁTIS

    COMECE A EMAGRECER HOJE MESMO

       

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *